Reforma em escola da Vila Paraíso deve terminar em setembro

Compartilha!!!

As reformas no prédio da EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Antonio Giovani Lanzi”, na Vila Paraíso, estão adiantadas em relação ao cronograma de obras e devem ser concluídas até meados de setembro. A reconstrução do muro aos fundos, na divisa com residências, foi concluída na quarta-feira, dia 14, pela Proguaçu, que antes já havia reconstruído uma parte do muro lateral da entrada para a secretaria da escola.

O Samae também já consertou a tubulação que passa rente ao muro dos fundos. Na mesma faixa de terreno foram reconstruídas as caixas de passagem de águas pluviais que escoam das propriedades vizinhas, que se localizam em ponto mais elevado. As reformas internas para eliminação de trincas nas paredes e lajes de algumas salas de aula e fissuras no piso são executadas pela Castro Alves Engenharia e Construção, que já reforçou a fundação do prédio e eliminou as rachaduras com amarrações.

No estágio atual, foram substituídos alguns revestimentos do piso no corredor da secretaria e sala de professores, e novo piso cerâmico está sendo assentado em todo o corredor do bloco das salas de aula. A última etapa será a de pintura das paredes. Ao custo de pouco mais de R$ 120 mil, as obras foram iniciadas no final de junho, início de julho, com prazo de 90 dias para conclusão.

O prédio foi interditado parcialmente no final de março e as aulas foram transferidas para o campus das FIMI (Faculdades Integradas Maria Imaculada), no centro da cidade, porque não havia outro local com 10 salas de aula para acomodar os 400 alunos. A EMEF “Antonio Giovani Lanzi”, antigo Grupo Escolar da Vila Paraíso, é um dos mais antigos estabelecimentos de ensino público de Mogi Guaçu, com mais de 60 anos de atividade.

Post Author: Lucas Valério

Avatar